Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Não teve dó

Sozinho a lhe esperar
Eu finjo não saber
Que é frágil meu viver
Meu tempo para amar!

Sozinho em meu sofrer
Não vejo seu olhar
Não sinto o meu pulsar
Começo a morrer!

Sozinho em meu momento
Revejo velhos planos
Lamento desenganos
Na dor do meu tormento!

O tempo fez-me só
Deixou-me sem sentido
Levou-me o prometido
De mim não teve dó!...

sábado, 18 de junho de 2011


TAPERA


Tapera feita em tijolo
Em tijolo artesanal
Sem adorno, sem reboco
Atrás um belo quintal
Lá serei o teu consolo
Não haverá desconsolo
Mas um fundo musical
De pássaros a cantar
Como em canto de louvor...
A brisa a soprar de leve
A embalar os pés de flor
Trará nos flocos de neve
O tom de branco mais leve
Das flores trará o olor...

Na tapera de tijolo
Eu te darei meu consolo
Tu me darás teu amor...

Ineifran

quarta-feira, 15 de junho de 2011

LUA CHEIA



Ó Lua cheia e tão bela
Que clareia meu caminho
Vai falar de mim pra ela
Entra por sua janela
Vai levar-lhe meu carinho...

Diz-lhe que eu a amo tanto
Diz-lhe que a quero assim
Livra-lhe de qualquer pranto
Mando-lhe em troca meu canto
Preso a um ramo de jasmim...

Diz-lhe que a espero na rua
Nessa noite enluarada
Deixa-lhe bela e tão nua
Para que a luz que é só tua
Deixe-a mais bela e prateada...

Diz-lhe que não tenho pressa
Que vivo pensando nela
Que lhe faço uma promessa
Que mesmo que outra me peça
Meu amor será só dela!

Assim quando ela acordar
Que vier até a janela
Para se espreguiçar
Vou meu coração lhe dar
Pra finalmente ser dela !...

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Minha doce amada

Minha namorada
Muito mais que isso
Nesse amor pujante
Amor anelante
Minha doce amada
És a amada amante!

Entre tantas flores
Que há nesse jardim
Foste a escolhida
Minha doce vida
Dentre mil amores
Minha preferida!

Neste dia proclamo
Em alto e bom som
Nosso amor profundo
Intenso e fecundo
Pois o amor que te amo
É o maior do mundo!

VOLÚPIA

No esconderijo do teu corpo eu vou buscar
Mais puro néctar das entranhas do teu ser...
Viajo as curvas do teu corpo sem parar
Cada milímetro deliro ao percorrer...

Na formosura da tua pele tão macia
Deslizo tonto de prazer na carne tua
Vou ao ponto ‘G’ que te traz gozo em demasia
Enquanto enroscas no meu corpo a carne nua...

Teu corpo em mel já perfumado pelo amor
Abre-se a mim ao entregar-me tua flor
E delicio-me no orgasmo cobiçoso!...

Nessa volúpia que estremece os corações
Arrebatamos de prazer nossas paixões
E terminamos outra vez em mais um gozo!...

Se fosse dono do mundo...

Se fosse dono do mundo
eu faria uma tirolesa
por cima daquela serra
que fosse até onde estás...
Iria a distância inteira
vendo toda essa beleza
que nos mostra a natureza
e que até nos faz sonhar...
Voaria todo esse espaço
cobriria essa distância
para matar minha ânsia
de te amar, amar, amar...

Quando contigo eu falo
estremeço, me abalo
de tanto querer te ver...
Se pudesse criar asas
voaria sobre as casas
sem cansaço, sem enfado
seria um cavalo alado
a voar ou a correr
sobre rios, sobre montes
pra te ver, meu benquerer...

Se fosse dono do mundo
eu te daria as estrelas
das flores sempre as mais belas
das cores a aquarela
pois sei que gostas de vê-las...
Em meus braços a sonhar
terias o céu por limite
a Lua, a Natureza
e eu, diante da tua beleza
teu nome a pronunciar
teria vencido a distância
saciado a minha ânsia
de te amar, amar, amar!...

sábado, 4 de junho de 2011

HOMENAGEADO DO MES DE MAIO DE 2011















HOMENAGEM AO POETA

PENTATRILHO #035: 

(por Bosco Esmeraldo)


Ele nasceu no Maranhão
Aos dezessete, mês de agosto
Um carioca por adoção
Tecnólogo, formado, posto;
Poeta e escritor por vocação.

E, desde sua adolescência.
Novo berço lhe foi proposto.
No Rio cresceu, fez ciência..

É professor e tradutor.
Labor com muita competência.

É grande comunicador.
Tudo faz de bom coração.
Ele é mais que um amigo, é um irmão.
Junto, na alegria e na dor.

Quem ele é? O Ineifran Varão.

=====================


Perfil do INEIFRAN VARÃO:

Nasceu - 17/08, Maranhão

Carioca por transferência desde sua adolescência.
Tecnólogo por formação, Poeta, escritor por vocação. e opção
Professor e tradutor de inglês.
Amigo, apologista e tantos istas.
Pintor talentoso.










      RONDEL  

(por Angel Mag)



Não preciso nem te conhecer
Para saber que és valoroso
Lendo-te logo pude perceber
Como INEIFRAN é espirituoso

Com esse teu jeito honroso
Você sempre se faz entender
Não preciso nem te conhecer
Para saber que és valoroso

O teu modo de escrever
Mostra o quanto és talentoso
A homenagem tu fez por merecer
Tu és um VARÃO majestoso.
Não preciso nem te conhecer

(Angel Mag)









INEIFRAN VARÃO 

(por Rita Sovati)



Lírico, como o outro, da canção.
Do exílio? não!
Falo de Ineifran Varão.

Como quem fez literatura de nacional feição,
Nasceu no Maranhão
Ineifran Varão.

Tiveram o Rio de Janeiro por decisão.
E tanto um como o outro são
Articulados em “Meditação”!

A mesma vista erudição
Nas Sextilhas de Frei Antão
Revela-se, moderna, em Ineifran Varão.

Mestre que sempre nos remete à reflexão.
Falo de Gonçalves? Hoje, não!
De Ineifran Varão.









PARABENS
POETA 







INEIFRAN

(por Jamil Luz)


Das veredas do Maranhão,
nasceu esse poeta,
firme e forte VARÃO,
onde o Rio lhe completa.

Alegra com suas poesias,
espalhando amor e carinho,
a todos e todos os dias,
onde das rosas tira o espinho.

Ombro amigo para quem chora,
dando seu calor humano,
com bondade sem demora,
colocando o amor em primeiro plano.

Nos olhos de Deus estás,
semeador de harmonia,
e,em nós permanecerás,
o doce sabor da sua alegria...









INEIFRAN VARÃO 

(por Ronaldo Rhusso)


E nem sei o que te move
Mais além que a poesia...
E nem vou me demorar
Em honrar-me dedicando
Esses versos para ti.

Sim! É honra para mim
Despejar uns versos pobres
Que não têm o alcance
Do teu naipe, ó poeta!

Mas se bem que vate simples,
Sou dos que enxergam bem
E nem vou deixar barato:
És um bardo de respeito
E no leito da poesia
Tens cativo um grande espaço!

E nem vou dizer mais nada,
Pois teu nome, até rima
Com Literatura chã!

RONALDO RHUSSO







Esta é a minha homenagem ao poeta Inefran Varão
Não quero mostrar minha poesia, para mostrar
O poeta que ele é!... Esta poesia , é obra poética
Do meu querido amigo poeta Ineifran Varão... 
por Joaquim Gomes
======================================

Tempos de infância

Na casa de minha avó,
Nos tempos de minha infância,
Que o tempo leva em distância
E que não voltam jamais,
Naqueles dias de rosas,
Eu brincava na amoreira,
Saltava sobre a fogueira,
Que o tempo as cinzas me traz!...

No quintal da velha casa,
Havia um pé de caju,
Ao lado de um pé de imbu,
Onde eu me punha a brincar!...
Tudo era puro e tão bom!...
Havia figos gostosos,
Imbus, cajus saborosos,
Naquele velho pomar!...

A meninada sadia,
Risonha, alegre e feliz,
Nos folguedos infantis,
Encantava a minha avó,
Ora fazendo arruaças,
Tirando frutas maduras...
- Pequeninas criaturas...
Éramos todos um só!...

Daqueles tempos tão lindos,
Aquela infância querida
Voou nas asas da vida
E em nuvens se transformou!
Agora, vaga nos longes...
Bem longe daquela terra,
De que a lembrança ainda encerra
O que o tempo lá deixou!...

Autor:
Inefran Verão

Inefran, você é um poeta do mais alto nível poético,
E de raríssimo bom gosto literário!...
Parabéns meu grande amigo, Inefran Varão!
por Joaquim Gomes



Barra do Corda, a Princesa do Sertão!... Uma Recordação da sua saudade natal!... kkkkkkk sua cidade natal!... Abraço ineifran








INEIFRAN VARÃO 

(por Ana Maria Gazzaneo)


Rol de suas qualidades
Aqui não ouso fazer
Mas digo em sinceridade
Do meu imenso prazer
De acompanhar sua pena
A espalhar poesia
A colorir de alegria
Nossas vidas, nossos dias.













Para voce POETA REI DOS REIS um pedaço de Minas



CONSELHOS A SEUS FILHOS 
(Bárbara Heliodora)
 - a primeira Mulher poeta do Brasil, "mulher símbolo de um novo mundo"... 
por 'acaso' uma mineira, rsrs... por LunaDRIPRIMO



Meninos, eu vou dictar
As regras do bem viver,
Não basta somente ler,
É preciso ponderar,
Que a lição não faz saber,
Quem faz sabios é o pensar.

Neste tormentoso mar
D'ondas de contradicções,
Ninguem soletre feições,
Que sempre se ha de enganar;
De caras a corações
A muitas legoas que andar.

Applicai ao conversar
Todos os cinco sentidos,
...


Com carinho lhe dedico esses versos poeta. Beijos de Luna













INEIFRAN VARÃO
                  (por Jamil Luz)

           I'ndescritível poeta e escritor,
         N'otável e querido aonde for,
              E'stimado com carinho e fervor,
          I'nteligente mestre educador.
               F'eliz abre seu coração caçador,
   R'esoluto de paz e amor,
               A'tivo e destemido comunicador,
           N'atural com clareza e primor.

     V'ersátil e adorável orador,
       A'mizade tem ao seu dispor,
      R'azão desse meu compor, 
 Ã'o de ser de bem feitor,
          O'nde sou seu amigo e leitor...












Conto
de Helena de Paula Paula

Queria naquela noite dançar com você...Mas estava tão difícil.você era a grande atração,você era o homenageado do mes todas atenções estava voltada para você
tentei me aproximar ...pois uma linda melodia ja ia começar...e eu queria dançar com você ,mas que pena ainda não era desta vez.. eu fiquei vendo você no meio do salão dançar 
...acompanhava de longe te admirando como tu dançavas tão bem.... por um momento senti que você olhou para mim...e a esperança voltou novamente. ia esperar pacientemente pela próxima musica.E assim mais uma ,mais outra 
E a noite foi passando...mas você... continuas como sempre requisitado...eram tantas que acabei por desistir...minhas esperanças caiu por terra quando você agradeceu a presença de todos pois a festa ja estava chegando ao fim.Ja ia me retirar quando você surpreendeu todos dizendo que a ultima dança era para uma amiga especial eu mal pude acreditar quando você caminhou em minha direção tomou-me pelas maos conduziu-me ao meio do salão e a mais linda canção a minha musica favorita tomou conta daquele ambiente... e assim sob olhares admirados dançamos a ultima dança; 

Para meu querido amigo homenageado do mes Ineifran! 
Com carinho da Helena.Um beijo!














INEIFRAN VARÃO


O Poeta... Dos sensuais versos calientes
De inspiração, elevada pelos sentimentos
Das rimas estruturadas, doces eloqüentes
Reflexo do amor guiado pelo pensamento.

O teu poetar embala a mente, nos contagia
Eleva-nos a alma ao delírio e aos devaneios,
Traz todo o encanto e sensibilidade na poesia
Oferecendo-nos o prazer, refúgio dos anseios.

Parabéns querido Poeta de todas as paixões,
O bem merecedor desta singela homenagem
Receba este carinho, nesta simples mensagem
São versos colhidos, frutos das minhas emoções!


Dilce Toledo





















POETA DOS POETAS




Rei dos poetas es tu

Ineifran! Sorriso que

So pode vir do nascer

Do sol, num dia de

Verao, tu poeta Rei

Dos poetas, teu olhar

Fala poesia, teu sorriso

Esbanja alegria, vem

Poeta, poetar é tua

Vida, nosso amor, eu

Inspirada em ti, so

Posso ser tua rima

Tuas maos te animam

A nos acalentar com

Tuas lindas poesias.




Parabens querido Ineifran.





Menduiña  











 Ineifran, o poeta 
em estado solido
  (Nelson Rodrigues)
 

"A poesia reluz a alma
É o espírito em estado sã.
Das veias do poeta jorram vidas
E seu nome é Ineifran."










 

A sensibilidade, a emoção transformam-se
em inspirações, essas inspirações navegam guiadas pelo talento do grande Poeta Ineifran Varão, o nosso querido homenageado. Ofereço esta foto como simbolo das tuas grandes inspirações.
Parabéns - Dilce

















TEAMOVC




Com graça chegou
Com talento nos mostrou
O grande poeta


Que habita em si a
Honrar a poesia




Para uma pessoa especial versos especiais.
Um TANKA em sua homenagem poeta Ineifran Varão
Que nos encanta com sua poesia de variados versos
Temas e tons... E por ser esse poeta de rara humildade e talento...
Uma pessoa linda, amável, carinhosa e amante perfeito nas letras. 


















Timidez (Cecília Meireles)
por Angel Mag



Basta-me um pequeno gesto,

feito de longe e de leve,

para que venhas comigo

e eu para sempre te leve...

- mas só esse eu não farei.

Uma palavra caída

das montanhas dos instantes

desmancha todos os mares

e une as terras mais distantes...

- palavra que não direi.

Para que tu me adivinhes,

entre os ventos taciturnos,

apago meus pensamentos,

ponho vestidos noturnos,

- que amargamente inventei.

E, enquanto não me descobres,

os mundos vão navegando

nos ares certos do tempo,

até não se sabe quando...

e um dia me acabarei.



Meu carinho pra ti poeta!!










Por Rita Sovatti












Por Luna Di Primo




 dentre suas poesias fica dificil escolher a melhor 
ou mais bonita...escolhi essa por cantar a paz...




Calam-se as vozes diante dos encantos
Que o teu encanto tenta disfarçar...
São teus candores, fazes bem guardar...
Deixa que o amor nos faça os acalantos...


Ah ... Como é bom sentir-te benfazeja!
Não sabes tu quão bem isso me faz...
O meu desejo aumenta em tua paz
Só teu amor meu coração deseja...


Caem os muros, abrem-se as portas
E a mim só importa o que também te importa
Pois é em ti que está meu coração...


Calam-se vozes, emudecem prantos
Não há sofrer, não há mais desencantos
- Deus abençoa a nossa união!




















 Poeta Ineifran Varão receba essa homenagem com o carinho dos poetas do Luna's Cafe Poetico juntamente com o respeito e admiraçao pelo poeta e pessoa que eleva a poesia ao mais alto patamar, sempre com uma palavra de incentivo a todos.










AGRADECIMENTO


Aos poetas e poetisas do Luna’s Café Poetico:
Fizeram-me feliz todos vocês
Com essa maravilhosa homenagem,
Que ora me deixa deveras emocionado!
Deram-me bolos e flores
Os bolos divido com todos os membros desse
Saboroso Café.
As flores, com o perfume que a natureza lhes deu,
Deixo-as despetaladas ao vento,
Para que caiam suavemente
Sobre as cabeças iluminadas de todos vocês...
Sabemos todos que na poesia
Sorrimos e choramos muitas vezes...
Ora de alegria, ora de tristeza,
Ora de emoções, que aqui são muitas,
Ora por lembrarmos de momentos bons
- aí vem a saudade – que machuca,
Que inspira, que chora e faz chorar...
Quero agora dizer muito obrigado a todos vocês e,
De modo especial, a essa extraordinária mulher,
Que é misto de mito e de pessoa,
Ama, desama e é amada,
Chora e faz chorar,
Rir, encanta e nunca desencanta...
Ela, que do seu mundo particular,    
Vê e nunca é vista,
Embora possamos senti-la...
Sem ela nada disso haveria...
A Ela transfiro, pois, essa linda Homenagem...
A... LUNA DI PRIMO !...
Muito obrigado!
By Ineifran Varão – Maio/2011