Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

CANTIGA POR TI




Cantei em versos tua voz calada,
Mas não ouvi os ecos da canção...
Sonhei sonho profundo à madrugada,
Mas só ouvi bater meu coração...

Tentei por outras trilhas da escalada,
Perdi-me, fiquei só, na escuridão;
Ouvi longe, qual sino em badalada,
O som quase apagado da razão!

Não há vislumbre algum de uma partida,
Na densa névoa fria que me cobre,
Pois que da volta não quero a descida.

Continuarei cantando o que me sobre,
Até ouvires tu, despercebida,
minha cantiga que é por ti... Tão nobre!

Leave your comments
Deixe seus comentários