Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

sábado, 7 de janeiro de 2012

SAUDADE TUA














Que saudade tua
Que saudade louca
Lembro-me... Tua boca
Silhueta nua...

Tua voz ecoa
Nos sons do pecado
Do amor velado
Que a mim se doa!

Rasgo o véu do átrio
Sob a luz das tochas
Deito-te nas rochas
Do meu solo pátrio!

Na ilusão de ter-te
Nesse esconderijo
Faço-me tão rijo
Para mais um flerte

... E volta a saudade
A saudade tua
Linda e seminua
... Sem mais castidade!


Leave your comments
Deixe seus comentários